CIRURGIA REFRATIVA

Dra. Lavínia Leitão Bandeira

ENDEREÇO

Av. Barão do Rio Branco, 2288
Salas 1008/1009/1010
Juiz de Fora - Minas Gerais
(32) 3212-9096 - 3215-8555 - 8813-8738

FACEBOOK

COESO by Lavinia Leitão Bandeira
www.lavinialeitaobandeira.com

O que é a Cirurgia Refrativa?

grupo

 

Refração é o estudo da passagem da luz de um meio para outro. Meios diferentes determinam comportamentos diferentes da luz.

Quando a luz entra no olho, ela também sofre o fenômeno da refração (mudança de meios: da atmosfera para o interior do olho). O estudo da refração do olho é utilizado para verificar se aquele olho está com a focalização adequada e assim possibilitando imagens nítidas. Um olho que não consegue focalização adequada e portanto com imagens sem nitidez é portador dos chamados vícios de refração. Os vícios de refração são mais comumente conhecidos como miopia, hipermetropia e astigmatismo.

Cirurgia refrativa portanto, são os procedimentos cirúrgicos que visam a mu-dança da refração dos olhos e conseqüente correção dos vícios de refração (miopia, hipermetropia e astigmatismo).

Quem pode fazer a cirurgia?

Potencialmente qualquer pessoa que for portadora de vícios de refração (miopia, hipermetropia e astigmatismo).

O que é  cirurgia Refrativa Personalizada?

Duas pessoas com o mesmo peso não têm necessariamente o mesmo biotipo ( uma pessoa mais baixa e troncuda pode ter o mesmo peso que outra pessoa mais alta e magra). Dois olhos com o mesmo vício de refração (os comumente chamados “graus” de miopia, hipermetropia ou astigmatismo), não serão necessariamente iguais quanto a outros parâmetros oculares como curvatura, comprimento etc.

A cirurgia refrativa tradicional apesar da alta tecnologia, corrige os graus sem levar em conta a individualidade dos olhos.

A cirurgia refrativa personalizada não se restringe apenas à correção dos vícios de refração, mas avalia as características individuais de cada olho (personalização) para a programação cirúrgica específica.

Como é a técnica cirúrgica?

Dependerá de cada indicação cirúrgica. Pode ser utilizado o excimer laser com suas duas modalidades, PRK ou Lasik e também implante de lentes intra-oculares.

No PRK o laser é aplicado direto na superfície da córnea e a recuperação visual é mais lenta que o Lasik. O Lasik consiste numa delaminação da córnea e aplicação do laser no seu interior. O implante de lentes intra-oculares é indicado quando a córnea não oferece condições para a cirurgia refrativa.

 

Visite oftalmologista regularmente. Para as pessoas que têm problemas de visão ou que já passaram dos 40 anos, o ideal é a cada seis meses.
Os cuidados em relação à televisão e, principalmente, ao uso continuado de computadores, são muito importantes.
Quem usa lentes de contato deve dar atenção especial à limpeza das lentes e ao uso continuado dentro dos prazos estabelecidos.